mar 1 2021

Queda das exportações de carne in natura é ampliada em fevereiro e regulou temperatura do boi


As exportações totais de carne bovina brasileira in natura tiveram queda em fevereiro, maior que a registrada em janeiro.

E ajuda a explicar a estacionada do boi gordo, sem apoio, ainda, do mercado interno.

Sobre fevereiro de 2020, a redução foi de 7,60%, e a soma embarcada resultou em 102,1 mil toneladas, de acordo com dados da Secex.


Em janeiro, a queda da carne não processada chegou a 4,85%, comparativamente ao mesmo mês do ano anterior, e resultou em 107,3 mil/t.

Além do prolongado feriado do Ano Novo Lunar e alguns dias de paralisação no Brasil pelo Carnaval, o mês mais curto adicionou exportações mais fracas da carne in natura, que representa em torno de 80% do total dessa proteína enviada ao exterior.