ago 30 2019

Argentina ultrapassa o Brasil como maior exportador de carne bovina à China


As importações oficiais de carne bovina da China continuaram em ritmo forte de crescimento. No primeiro semestre de 2019, houve um aumento de 53% em relação ao mesmo período do ano anterior, atingindo 311 mil toneladas, de acordo com informações do Rabobank.

A Argentina registrou o maior crescimento dos embarques no período semestral, de 126%, para 151 mil toneladas. Com isso, o país superou o Brasil, tradicionalmente o principal fornecedor ao gigante asiático, que exportou 149 mil toneladas de carne bovina no primeiro semestre. Ainda sobre os países da América do Sul, o Uruguai exportou 141 mil toneladas no período.

A Austrália, ocupando a quarta posição, aumentou em 65% os seus embarques no primeiro semestre do ano. Outros países exportadores que tiveram crescimento nas vendas de carne bovina para a China foram: Canadá, Chile e Costa Rica.

No entanto, lembra o banco, as importações do Canadá desaceleraram recentemente, devido à proibição de todos os produtos de carne canadenses, depois que a China encontrou supostamente ractopamina e indícios de falsificação em certificados sanitários veterinários.

Portal DBO