jul 19 2019

Produção de carne do Paraná deve crescer 27% em 10 anos


O Paraná tem forte tendência de se tornar o maior produtor de carnes bovina, suína e de frango do Brasil, segundo projeção da Secretaria de Política Agrícola do Ministério da Agricultura.

De acordo com dados apresentado em evento na Secretaria da Agricultura, em dez anos (até a safra 2028/29), a produção de carne do Estado deve passar das atuais 26 milhões de toneladas para 33 milhões de toneladas – crescimento de 26,9%.

“Essa expansão da produção animal vai trazer muito valor agregado e certamente vai gerar muito emprego, uma vez que a maior parte dessa atividade é feita no âmbito da agricultura familiar”, afirma José Garcia Gasques, especialista da Secretaria de Política Agrícola do Ministério da Agricultura.

As projeções apontam ainda que a produção agrícola nacional deve passar de 240 milhões de toneladas de grãos para cerca de 300 milhões de toneladas, com as regiões Sul e Centro-Oeste liderando a maior parte desse crescimento.

“Apesar de as propriedades [do Paraná] serem de menor dimensão, a produtividade é alta e consequentemente a produção é alta também”, afirma Gasques. Segundo ele, o Paraná tem grande destaque na produção de grãos porque é um Estado que usa muita tecnologia.

As projeções da Secretaria de Política Agrícola do Ministério da Agricultura são de que o Paraná alcance a produção de 28,9 milhões de toneladas de soja na safra 2028/29 ante 23,3 milhões de toneladas no ciclo atual. Para o milho, o volume esperado é de 27,4 milhões de toneladas em 2029 ante 17,6 milhões de toneladas este ano.

Portal DBO