abr 8 2019

Em Goiás, Tereza Cristina defende fim do tabelamento do frete


Estou na cidade de Rio Verde, um grande polo de agronegócio no Estado de Goiás. Soja e milho são as principais commodities cultivadas por aqui. Ambas ultrapassam 1 milhão de toneladas sendo que o milho já chegou a 1,5 milhão de toneladas. Também há uma forte produção de carne (bovina, suína e de frango).

Esse cenário positivo é refletido na Tecnoshow Comigo, feira gigantesca iniciada hoje em Rio Verde e que deve movimentar mais de R$ 2,5 bilhões em negócios, volume superior ao de 2018.

A abertura foi movimentada nesta segunda-feira (08/4). Entre as autoridades presentes estava a ministra Tereza Cristina, do Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento. Entre outros temas, ela defendeu a reforma da Previdência. “Se não passar a reforma esse país não tem futuro”, ressaltou. A ministra relatou que esteve recentemente em Nova Iorque e uma das primeiras perguntas que ouviu foi: “O Brasil irá aprovar a reforma da Previdência”? Segundo ela, haverá investimento forte no país se a reforma passar.

A ministra defendeu também o fim da tabela de frete. “Precisamos acabar com ela, que é ruim para toda a cadeia produtiva, tanto para os caminhoneiros como para a indústria.” Segundo Tereza Cristina, o tabelamento tem deixado mais caro o produto final.

Além de servir de oportunidade para a realização de grandes negócios, o evento busca apresentar novidades em tecnologias, conhecimento e serviços. A realização da feira é da Cooperativa Agroindustrial dos Produtores Rurais do Sudoeste Goiano (Comigo).

O presidente da Comigo, Antonio Chavaglia, disse que o otimismo em relação à agropecuária nos próximos anos traz o produtor rural para o contato direto com as melhores tecnologias disponíveis no mercado, assim como permite a ele se informar por meio de palestras e dinâmicas. Haverá mais de 100 palestras até o dia 12, último da Tecnoshow.

A feira é realizada em uma área de 60 hectares e os expositores totalizam 580. Um público superior a 106 mil pessoas é aguardado.

Vou dar uma olhada nas novidades. Eu volto.

No caminho, encontrei o gerente de marketing da FMC, Fernando Salles, que me contou sobre a proposta do novo estande da companhia que utiliza uma estrutura itinerante e sustentável e demonstra como o investimento em pesquisa e desenvolvimento podem resultar em soluções químicas e biológicas eficientes."Por meio do contato com nossos campos demonstrativos e das ativações espalhadas pelo estande, com vídeos que apresentam detalhes dos nossos produtos, participantes podem observar os diferenciais e benefícios de nossas soluções", afirma.

* O jornalista viajou a convite da Comigo.

Fonte: Globo Rural