fev 18 2019

Leite: Guedes promete ajuda ao setor após fim de tarifa antidumping


O ministro da Economia, Paulo Guedes, está “sensível” às demandas de produtores brasileiros preocupados com o fim da tarifa antidumping sobre o leite importado da Europa e Nova Zelândia, afirmou Alberto Figueiredo, diretor técnico da Sociedade Nacional de Agricultura (SNA). Guedes participou na sexta-feira, 15, de um almoço na sede da entidade, ao lado do presidente do Banco do Brasil, Rubem Novaes, e do presidente da Petrobras, Roberto Castello Branco.

“O presidente da SNA (Antonio Melo Alvarenga Neto) e ele (Guedes) conviveram muitos anos juntos em diversas entidades educacionais e universitárias. De modo que são muito amigos pessoais”, contou Figueiredo. O diretor da SNA disse que o assunto da tarifa sobre a importação de leite esteve em pauta durante uma reunião esta semana no Ministério da Agricultura, em que participaram os ministros Paulo Guedes, Tereza Cristina, da Agricultura, e Onyx Lorenzoni, da Casa Civil.

“Agora vimos um fato inusitado, que é a união dos ministros em torno da solução dos problemas. Essa semana tivemos uma reunião no Ministério da Agricultura com o ministro Paulo Guedes, a ministra Tereza Cristina e o Onyx Lorenzoni, todos juntos tentando resolver o problema da crise da importação de leite. Então estamos em tempos novos, e a SNA viveu esses 122 anos para assistir a essa novidade, a esse Brasil de hoje”, relatou Figueiredo.

O diretor da entidade agrícola afirmou que o ministro Guedes prometeu ajuda ao setor para o fim do impasse em torno de questões que preocupam o setor, como a crise em torno da tarifação do leite.

“Sem dúvida nenhuma, (ele) está absolutamente sensível a todas as causas, inclusive com a sensibilidade de voltar atrás em algumas decisões que já haviam sido tomadas, como, por exemplo, a suspensão da tarifa de antidumping do leite vindo da Europa e da Nova Zelândia”, declarou.

Fonte: Canal Rural