nov 19 2018

Minerva quer vender boi vivo para o Irã em 2019


A Minerva Foods pretende fortalecer a relação com o Irã, para onde já exportou carne bovina, e o plano é começar a vender gado vivo ao país a partir do ano que vem. O presidente da Minerva, Fernando Galletti de Queiroz, diz à coluna que os embarques de boi em pé representam 8% a 9% do faturamento da empresa. “A companhia trata a exportação de gado vivo como um nicho e entende que a atividade agrega valor para a empresa, por isso pretende avançar neste mercado, mas a proteína em si continuará sendo o foco”, afirma.

No mês passado, a Organização Veterinária do Irã confirmou ao Departamento de Saúde Animal (DSA) do Brasil que o País está apto a exportar animais vivos aos iranianos. Fontes do setor afirmam que falta apenas estabelecer alguns protocolos quanto a regras para embarque.

A expectativa da companhia é de que os iranianos alcancem a mesma importância da Turquia para o setor de boi em pé no Brasil. De acordo com a Associação Brasileira dos Exportadores de Animais Vivos (Abreav), os turcos respondem por mais de 80% dos embarques deste segmento no Brasil e a entidade espera que a receita com essas vendas chegue a US$ 700 milhões em 2018.

Fonte: O Estado de S. Paulo