jan 31 2019

Mercado andando de lado


Nos últimos sete dias o mercado do boi gordo trabalhou sem oscilações relevantes. Na média das 32 praças a cotação da arroba subiu 0,01%.

De todas estas analisadas, o preço do boi gordo ficou estável em 17, subiu em sete e caiu em oito. O que indica que não há um viés geral muito bem definido, mas que a pressão baixista observada semanas atrás tem perdido força.

Essa sustentação acontece, pois, apesar da demanda enfraquecida e do período de safra, fatores que permitem testes de preços por parte das indústrias, a oferta de matéria-prima está “instável”.

Isso porque pecuarista consegue reter o gado no pasto em casos de ofertas de compra pouco atrativas, o que acaba limitando o poder de negociação dos frigoríficos.

Por fim, mesmo com o desânimo atual no mercado de carnes (veja mais na página 10), com a chegada da próxima semana (virada de mês), o motor do consumo interno pode encorajar a compra de gado e ajudar a impulsionar, ou ao menos sustentar, as cotações do boi gordo.

Fonte: Marina Zaia - Scot Consultoria